Banner2

Banner1

Seguro pirata: mais uma associação é suspensa em Minas

Ação civil pública contra Associação Apoio Car visa combater a atividade irregular


Por força de liminar concedida pela 3ª Vara Federal da Seção Judiciária de Minas Gerais, a Associação Apoio Car - Clube de Benefícios de Vantagens de Minas Gerais foi impedida de continuar a comercializar o serviço de proteção automotiva, conhecido no mercado segurador como seguro pirata.


Sem contar com autorização da Superintendência de Seguros Privados (Susep), o seguro pirata é oferecido por algumas associações e sindicatos a proprietários de veículos atraídos por preços mais baixos. Por não possuírem ativos garantidores, reservas técnicas, cálculos atuariais e fiscalização dos órgãos competentes, não garantem, porém, qualquer tipo de proteção ao consumidor.


A estimativa é de que mais de meio milhão de veículos estejam segurados em situação irregular em todo o país, sendo Minas Gerais o estado com maior número de ocorrências, onde 15 associações desse tipo já foram fechadas. A liminar contra Associação Apoio Car foi solicitada pela Advocacia Geral da União (AGU), baseada em ação civil pública impetrada pela Procuradoria Federal no Estado de Minas Gerais (PF/MG) e a Procuradoria Federal, juntamente com a Susep.

Data: 21.01.2013 - Fonte: CNseg

Nenhum comentário:
Write comentários